ATIVIDADE FÍSICA E SAÚDE NO DISCURSO DO SUJEITO COLETIVO: REVELAÇÕES NO COMPLEXO SÃO MARCOS – CAMPINAS/SÃO PAULO, BRASIL COLLECTIVE HEALTH AND PHYSICAL ACTIVITY: ASPECTS OF THE APPLICATION OF QUALITATIVE METHODOLOGIES AT SÃO MARCOS COMPLEX – CAMPINAS/SÃ

Ana Paula Martins Vicentin, Carla Cristina Cuoco Léo, Carolina Marteli-Nicolai, Aguinaldo Gonçalves

Resumo


Conceitos para melhoria das condições sociais aplicados à saúde, como empowerment/empoderamento,
advocacy/negociação, governance/sustentabilidade e accountability/transparência, exigem, de profissionais e da
população, a busca por informação, reflexão e ação. Nesse sentido, a presente comunicação toma, do interior
do Complexo São Marcos, em Campinas, São Paulo, experiência recente com objetivo de apreender concepções
e práticas de moradores de região periférica de área metropolitana do País acerca da relação saúdeatividade
física, bem como do processo de sua obtenção. Para tanto, considerou-se segmento da população
adulta jovem local, adotando para coleta dos dados a técnica de grupo focal. Para o respectivo plano analítico,
utilizou-se o discurso do sujeito coletivo que, operacionalmente, compõe-se pela sucessão de várias fases,
desde a identificação das figuras metodológicas em expressões-chave e ideias centrais, montagem do banco
de dados pré-configurado, chegando à categorização das respostas, com o emprego do programa
computacional QualiQuantiSoft®. Foram coletados os depoimentos de 19 adultos, de 30 a 72 anos, responsáveis
por, pelo menos, duas crianças com idades entre seis e 12 anos, sendo a maioria beneficiária de
programas estatais de apoio social. Os resultados obtidos apontam que a adoção dos dois métodos associados,
aspecto inovador já em si mesmo, permitiu constatações acerca da atividade física e saúde,
destacadamente: (i) visão local sobre possibilidades e direitos; (ii) limitações e barreiras de oferta, disponibilidade
e acesso; (iii) a contribuição do Centro de Saúde na respectiva transferência de informações; (iv) a
necessidade de continuidade de abordagens e intervenções.

Palavras-chave


análise qualitativa, saúde, atividade física.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.13037/rbcs.vol8n24.1056