PARÂMETROS BIOFÍSICOS DE MULHERES COM SOBREPESO SUBMETIDAS A PROGRAMA DE RECREAÇÃO

Danielli Braga de Mello, Guilherme Rosa, Bernardo de Oliveira Portela, Estélio HM Dantas

Resumo


Introdução: A prática regular de exercícios físicos contribui potencialmente na redução de fatores de risco à saúde. Objetivo: Avaliar os efeitos de um programa de recreação sobre parâmetros biofísicos em mulheres com sobrepeso. Metodologia: Foi utilizado um grupo de 78 indivíduos, do sexo feminino, assistidas pelo Programa de Saúde da Família (PSF), e randomizados em grupo recreação (GR: 48,65 ± 7,12 anos; IMC: 27,17 ± 1,07) e grupo controle (GC: 48,00 ± 8,31 anos; IMC: 27,50 ± 6,44). Realizou-se: avaliação antropométrica e do nível de condicionamento físico, medida da pressão arterial e coleta de amostras sanguíneas para verificação das variáveis colesterol total, HDL colesterol (HDL), LDL colesterol (LDL), triglicerídeos e glicemia. Após isso, o GR foi submetido a um programa de jogos recreativos, com frequência semanal de três dias, duração de cinqüenta minutos e intensidade entre 60%-70% da frequência cardíaca máxima.. O GC não realizou exercícios físicos. A intervenção teve duração de doze semanas. Ao final dessa etapa, foram realizadas novas avaliações. Utilizou-se estatística descritiva, teste t de Student pareado e o teste t para amostras independentes. Adotou-se significância de p<0,05. Resultados: O GR apresentou aumento na variável colesterol HDL (p=0,01) e redução nos triglicerídeos e no colesterol total (p=0,001). No GC, foi observado aumento nas variáveis de colesterol total (p=0,01), HDL (p=0,0001), LDL (p=0,0001) e glicemia (p=0,0001); com redução (p=0,0001) no VO2 máx. Conclusão: O programa de exercícios físicos realizado por mulheres com sobrepeso induziu melhora nos parâmetros biofísicos analisados, demonstrando assim a importância de um estilo de vida ativo.

Palavras-chave


Educação Física

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.13037/rbcs.vol8n25.1060

Indexadores: