Abordagem Fisioterápica da Dor Lombar Crônica no Idoso

Michele Marinho da Silveira, Adriano Pasqualotti, Eliane Lucia Colussi, Marlon Francys Vidmar, Lia Mara Wibelinger

Resumo


A coluna vertebral, com o passar dos anos, está sujeita ao processo do envelhecimento, diminuindo sua resistência e ocasionando dor, o que pode ser a causa da ocorrência de doenças e limitações funcionais que levam a diminuição da autonomia e da qualidade de vida dos idosos. O surgimento e a intensidade das dores na coluna vertebral varia de pessoa para pessoa dependendo da exposição e sobrecarga ao longo da vida, e no idoso a lombalgia pode ser vista como uma conseqüência disso. Esse artigo pretende enfatizar, por meio de uma revisão de literatura, a dor lombar crônica no idoso descrevendo as estruturas envolvidas neste processo e o seu tratamento com a Fisioterapia, visando evitar conseqüências negativas para a saúde do idoso.

Palavras-chave


Dor lombar, Idoso, Fisioterapia.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.13037/rbcs.vol8n25.1062

Indexadores: