CARACTERIZAÇÃO E CONDIÇÕES DE SAÚDE DOS IDOSOS DO MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO, RIO GRANDE DO SUL

Lia Mara Wibelinger

Resumo


O aumento da população idosa no Brasil gerado pelas melhores condições de vida traz a tona uma preocupação importante com relação às condições com que esta população está envelhecendo. As altas quedas de natalidade e mortalidade fizeram com que a expectativa de vida se prolongasse em nosso país aumentando a busca por uma melhor qualidade de vida dos idosos. O aumento da população idosa também está relacionado ao aumento das doenças crônicas e traz uma série de desafios para a sociedade que deve estar preparada para lidar com este fato. O objetivo do presente estudo foi caracterizar as condições de saúde da população idosa do município de Passo Fundo - RS. Para isto utilizou-se um questionário contendo perguntas abertas e fechadas, sendo os dados computados por meio do software SPSS versão 10. Os resultados indicam que a maioria da população idosa é do sexo feminino, poucos são tabagistas e/ou etilistas, a maioria pratica atividade física o que pode influenciar no fato de poucos terem episódios de queda e no baixo número de idosos que fazem uso de antidepressivos e psicoativos. Verificou-se ainda que existe alta prevalência de hipertensão e a maioria dos idosos é da religião católica e tem escolaridade baixa.Conclusão: Baseado nos resultados é possível concluir que a realidade desta população é muito semelhante a vivenciada em várias regiões do país onde outros estudos foram realizados , o que demonstra a necessidade de uma maior preocupação em gerar ações de prevenção e intervenção precoce que visem uma maior atenção à saúde do idoso.


Palavras-chave


Fisioterapia

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.13037/rbcs.vol9n29.1326