O IMPACTO DAS ALTERAÇÕES DO SISTEMA ESTOMATOGNÁTICO NA NUTRIÇÃO DO IDOSO”

Maria Helena Chaves de Vaconcelos Catão, Alidianne Fábia Cabral Xavier, Alidianne Fábia Cabral Xavier

Resumo


O envelhecimento é um processo caracterizado por alterações fisiológicas, bioquímicas e psicológicas que levam a uma diminuição da capacidade de adaptação do indivíduo ao meio ambiente.  Mediante a ocorrência destas modificações, fatores como alterações no sistema estomatognático devem ser passíveis de avaliação devido aos transtornos que ocasionam no estado de nutrição do paciente idoso. Pois, os efeitos da alimentação inadequada, tanto por excesso como por déficit de nutrientes, acarretam danos que podem ser observados em virtude da redução da capacidade de mastigação, digestão e absorção dos nutrientes, bem como pelo funcionamento ineficiente dos diversos órgãos e sistemas que compõem o organismo. Nesse contexto, está cada vez mais claro que é preciso compreender as mudanças que ocorrem no envelhecimento e os demais fatores que afetam o consumo alimentar de indivíduo idoso, para que assim seja possível intervir adequadamente nos fatores que interferem no apetite e na mudança do hábito alimentar do idoso, proporcionando a estes pacientes a possibilidade de ingestão de uma alimentação adequada nos seus aspectos dietéticos e nutritivos e, portanto, uma melhor qualidade de vida.

PALAVRAS-CHAVE: sistema estomatognático, idoso, nutrição.


Palavras-chave


Odontologia, Nutrição, Enfermagem

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.13037/rbcs.vol9n29.1349

Indexadores: