RESPOSTAS BIOLÓGICAS DO TECIDO ÓSSEO À TERAPIA COM LASER OU ULTRASSOM – REVISÃO DE LITERATURA

Lisiane Piazza, Thiele de Cássia Libardoni, Eduardo Luiz Stapait, Gilmar Moraes Santos

Resumo


As terapias por meio do laser ou ultrassom tem sido investigadas nas últimas décadas por seus efeitos estimulatórios na formação óssea. Tendo em vista que estes dois instrumentos são amplamente utilizados na prática clínica do fisioterapeuta, torna-se importante conhecer seus efeitos quando aplicados aos diversos tecidos do corpo humano, entre eles, o tecido ósseo. Sendo assim, este estudo teve como objetivo revisar a literatura sobre os efeitos da terapia a laser ou ultrassom sobre o tecido ósseo. Para isto, foram pesquisados artigos de revistas acessadas na base de dados do portal periódicos da Capes, além de dissertações realizadas na área, publicados nos últimos 15 anos nas línguas inglesa e portuguesa utilizando os unitermos terapia a laser, terapia por ultrassom, ultrassom, laser, tecido ósseo e osso. Segundo os estudos, a terapia a laser possui efeitos bioestimulatórios nas células osteoblásticas que aceleram a regeneração óssea. Embora não seja consenso entre os estudos, inúmeros autores também tem observado efeitos benéficos do ultrassom no tratamento do tecido ósseo, o qual encurta o período de cicatrização óssea, devido à promoção da ossificação endocondral.


Palavras-chave


Fisioterapia

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.13037/rbcs.vol9n29.1353