Utilização do Ozônio através do Aparelho de Alta Frequência no Tratamento da Úlcera por Pressão

Luciane Marta Neiva de Oliveira

Resumo


Úlcera por pressão é qualquer lesão causada por uma pressão não aliviada, cisalhamento ou fricção que pode resultar em morte tecidual, sendo frequentemente localizada na região das proeminências ósseas. Trata-se de uma importante causa da morbimortalidade, afetando a qualidade de vida do doente e dos seus cuidadores, constituindo uma insustentável sobrecarga econômica para os serviços de saúde. A ozonioterapia emprega o ozônio como agente terapêutico proporcionando benefícios à reparação tecidual, além do efeito antimicrobiano, bactericida e fungicida. O Gerador de Alta Frequência emprega ozônio no tratamento de feridas cutâneas produzindo calor, que resulta em vasodilatação periférica local, aumento do fluxo sanguíneo, oxigenação e metabolismo celular, acelerando assim o processo de cicatrização. O objetivo deste estudo foi demonstrar através de uma revisão de literatura a utilização do ozônio, através do aparelho de alta frequência, no tratamento da úlcera por pressão. Realizou-se um levantamento bibliográfico onde foram selecionados trabalhos que abordassem direta ou indiretamente os temas úlceras por pressão, ozonioterapia, cicatrização de feridas e gerador de alta frequência, publicados nos últimos dez anos. Para tanto se utilizou do banco de dados LILACS/BIREME, MEDLINE/PUBMED e Biblioteca virtual da USP. Foi possível observar o benefício da ozonioterapia através do aparelho de alta frequência, podendo ser incorporada, como uma técnica segura, de fácil manuseio e pouco onerosa, no tratamento de diversas lesões dermatológicas, entre elas a úlcera por pressão, reduzindo assim os custos ao sistema de saúde e trazendo uma melhora na qualidade de vida do doente.


Texto completo: PDF


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .