Concepção ampliada de atenção em saúde: desafios à prática interdisciplinar

Janaína da Silva Dal Moro, Vânia Maria Figuera Olivo, Camila Dubow, Marizete Ilha Ceron, Denise de Oliveira Vedootto, Catlen Padilha de Oliveira, Angela Cherobini

Resumo


Introdução: A atenção integral é essencial para que exista resolutividade no cuidado em saúde. Sujeitos acometidos por um agravo neoplásico de cabeça e pescoço necessitam de cuidado amplo, práticas interdisciplinares auxiliam para a efetividade da atenção. Objetivos: Analisar a concepção de atenção em saúde sob a ótica de usuários acometidos por agravos neoplásicos de cabeça e pescoço. Materiais e Métodos: Trata-se de uma pesquisa descritiva-exploratória, com abordagem qualitativa, realizada em um Hospital Universitário localizado no interior do estado do Rio Grande do Sul. Os sujeitos responderam as entrevistas semi-estruturadas com questões abertas. Resultados: O modelo de atenção dado aos usuários acometidos por agravos neoplásicos de cabeça e pescoço analisados é pautado no modelo médico hegemônico. Conclusões: Este trabalho aponta para a necessidade de uma reestruturação dos modos de fazer e pensar em saúde.


Palavras-chave


Atenção. Saúde. Cuidado. Interdisciplinaridade.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.13037/rbcs.vol11n36.1867

Indexadores: