CONFIABILIDADE INTRA E INTEREXAMINADORES DE MEDIDAS FOTOGRAMÉTRICAS PARA ANÁLISE DO ALINHAMENTO VERTICAL DA COLUNA VERTEBRAL

Jéssica Stolfi, João Augusto de Moura

Resumo


Introdução: A escoliose é um dos desvios de coluna mais recorrentes. Esse desvio acaba trazendoinconvenientes para vida das pessoas que o possuem, como dor, problemas com a autoestima e, dependendodo grau, dificuldade de executar alguns movimentos. Objetivo: Identificar se há confiabilidade intra einterexaminadores de medidas fotogramétricas na verificação do alinhamento vertical da coluna vertebral(caso não exista verticalização, é um aspecto sugestivo de escoliose). Materiais e métodos: Participaramdo estudo 30 indivíduos, com idade entre 20 e 40 anos, selecionados de forma voluntária entre acadêmicosuniversitários. Estes foram demarcados e posteriormente fotografados para que os registros fotográficosfossem analisados através de ângulos livres e ângulos com a vertical (processo fotogramétrico) por doisexaminadores experientes. Resultados: A confiabilidade intraexaminadores obteve alta correlação paramedidas de verticalização da coluna (ICC?0,97), e diferença com 180º (ICC?0,92) na face posterior, assimcomo para a diferença das medidas angulares dos lados direito e esquerdo na face anterior (ICC?0,96).A confiabilidade interexaminadores obteve valores de ICC acima de 0,85 entre os examinadores “A” e“B”, e quando testada a diferença entre as médias angulares obtidas nos diferentes procedimentos entredois avaliadores, esta não se apresentaram significativa (p>0,05). Conclusão: De modo geral, os dadoscoletados mostraram-se confiáveis (ICC?0,90 e diferença entre médias com p>0,05) para mensurar averticalização da coluna de forma fotogramétrica por um mesmo examinador em ocasiões diferentes e porexaminadores diferentes sobre um registro fotográfico.


Palavras-chave


Fotogrametria, Escoliose, Postura humana.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.13037/rbcs.vol12n41.2219