A ASSISTÊNCIA DA CRIANÇA NA ATENÇÃO BÁSICA E SUA RELAÇÃO COM O DIAGNÓSTICO TARDIO DO CÂNCER INFANTIL THE ASSISTANCE OF CHILDREN IN PRIMARY CARE AND ITS RELATION TO LATE DIAGNOSIS OF CHILDHOOD CANCER

Janaina dos Reis, Simone Pereira Dias, Maria Cristina Mazzaia

Resumo


A atenção básica reformulou o modelo assistencial de saúde em reconhecimento às crescentes iniquidades
sociais. Atualmente, ela assiste 46,6% da população brasileira e, nesta, uma parcela substancial de nossas
crianças. A partir da problemática do diagnóstico tardio do câncer infantil e do estudo que aponta a atenção
básica como um dos dificultadores desta triste realidade, este trabalho propõe-se a elucidar o papel do
enfermeiro dentro da equipe do Programa da Saúde da Família (PSF). Demonstrar que o enfermeiro, dentro
de suas competências legais, pode ser um transformador direto na qualidade da assistência prestada às
crianças. Foi empregado o levantamento bibliográfico de livros, revistas, teses e periódicos científicos. A
atuação dos enfermeiros, diante da proposta do PSF e dentro da legalidade e das competências da profissão,
torna-se primordial para a efetividade e a execução das políticas públicas, podendo concomitantemente
com o médico alcançar o diagnóstico precoce do câncer infantil, neste nível de atenção.

Texto completo: PDF




Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .