ASSOCIAÇÃO DOS INDICADORES DA COMPOSIÇÃO CORPORAL COM A MATURAÇÃO SEXUAL EM JOVENS ATLETAS FUTEBOLISTAS ASSOCIATION OF THE INDICATORS OF BODY COMPOSITION WITH THE SEXUAL MATURATION IN YOUNG SOCCER PLAYERS

Gerson Luis de Moraes Ferrari, Jefferson Eduardo Hespanhol, Miguel de Arruda

Resumo


O fracionamento da massa corporal indica variações da massa corporal, decorrentes de fatores genéticos,
maturacionais, ambientais e de crescimento. O objetivo desse estudo foi comparar os indicadores da composição
corporal em diferentes estágios maturacionais de pré-púberes (PR), púberes (PU) e pós-púberes (PO), em
jovens futebolistas. Um grupo de 64 futebolistas de uma equipe da região de Campinas-SP participou do estudo,
dos quais 20 eram PR (10,84±0,43anos, 35,46±3,98kg, 146,36±7,16cm), 26 PO (14,09±0,45anos, 63,55±8,42kg,
173,40±8,99cm) e 18 PU (15,14±0,61anos, 67,86±8,50kg, 176,47±7,80cm). As medidas foram feitas através
do método de dobras cutâneas e circunferência. A seguir, foi estimado o percentual de gordura, MCM, MCG, e
área muscular da coxa (AMCX). Significantes diferenças na EST, MC, MCM, MCG, %G, DCTR, DCCX, DCPM,
?DCMI, ?DCMS, AMCX, no entanto, não houve diferenças entre ambos nas variáveis de ?DCTS, ?DCTI. Os
PR apresentaram maiores tecidos adiposos nos membros do que PO e PU. Quanto aos indicadores do volume
muscular AMCX e MCM, os PO apresentaram maiores volumes do que PR e PU. Entretanto, houve tendência
a variações com maior concentração da adiposidade corporal nas regiões dos membros nos PR do que PU e
PO, e um maior volume da musculatura nos PÓS do que PRÉ e PU.

Palavras-chave


composição corporal, maturação sexual, jovem atleta.

Texto completo:

PDF PDF


DOI: https://doi.org/10.13037/rbcs.vol5n11.407

Indexadores: