UM ESTUDO SOBRE A PREVALÊNCIA DO RISCO CORONARIANO EM PRATICANTES DE TÊNIS SURVEY OF CORONARY RISK PREVALENCE IN TENNIS PRACTITIONERS

Ivo Ribeiro de Sá, Kathya Maria Ayres de Godoy, Luciana Casais, Ary Ayres de Godoy Junior

Resumo


Este é um estudo de natureza quantitativa, desenvolvido
com os praticantes de tênis da “Winner Tennis Academia”,
situada na cidade do Salvador–BA, que objetivou identificar
a prevalência do risco coronariano nos mesmos. Na coleta
de dados utilizamos três instrumentos de avaliação: uma
anamnese, uma avaliação física e um modelo adaptado
de avaliação do risco coronariano da Michigan Heart
Association. Os resultados identificaram que 40% dos
praticantes de tênis da academia supra-citada possuem
um risco médio para doenças coronarianas. Assim
evidenciamos a importância de sugerir aos clubes e
academias onde existe atividade do tênis que seus
praticantes sejam orientados para a necessidade de se
realizar um teste de esforço antes de iniciar esse esporte.

Palavras-chave


risco coronariano, tênis e praticantes de tênis.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.13037/rbcs.vol2n4.462

Indexadores: