EFEITO DE 12 MESES DE TREINAMENTO SOBRE OS VALORES DE FORÇA MUSCULAR EM ATLETAS ADOLESCENTES DE VOLEIBOL EFFECT OF 12 MONTHSOF TRAINING UPON MUSCLE STRENGTH IN ADOLESCENTS' VOLLEYBALL ATHLETES

Rogério Eduardo Tavares Frade, Aylton Figueira Júnior

Resumo


Nas últimas décadas o voleibol vem apresentando grande evolução no desenvolvimento técnico, tático e físico. Entretanto, poucos estudos têm mostrado as características do treinamento em atletas jovens. Assim, o objetivo do presente estudo foi verificar a análise das características antropométricas e neuromotoras de voleibolistas iniciantes do sexo feminino em três ocasiões diferentes durante o ano de treinamento. A amostra foi composta por 12 jogadoras com idade de 14,00 anos e que participaram dos campeonatos oficiais no Estado de São Paulo. As atletas foram avaliadas em três diferentes momentos durante uma temporada, com um intervalo de 120 dias entre elas, seguindo a mesma metodologia e mesmo avaliador. Foram mensuradas as variáveis antropométricas de peso (P-kg) e estatura (E-cm), seguindo a padronização de FRANÇA e VÍVOLO (1998) e neuromotoras através dos testes de força muscular de membros inferiores sem auxílio (IVS) e com auxílio (IVC) dos braços, seguindo padronização de SOARES e SESSA (1998). Os resultados foram analisados pela ANOVA ONE WAY, evidenciando diferença estatisticamente significante para impulsão vertical sem auxílio e com auxílio. O teste de Tukey HSD identificou diferenças entre o primeiro e os demais testes para (p<0,01). Assim poderíamos hipotetizar um efeito positivo do treinamento sobre a capacidade de salto desse grupo durante o período de treinamento.

Palavras-chave


avaliação antropométrica e neuro-motora, voleibol feminino, adolescentes.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.13037/rbcs.vol2n4.463

Indexadores: