BARREIRAS PARA A PRÁTICA DE ATIVIDADE FÍSICA ENTRE ADOLESCENTES BARRIERS FOR THE PRACTICAL ONE OF PHYSICAL ACTIVITIES BETWEEN THE ADOLESCENTS

Cibele Parmiggiane Teixeira, Taíse Martinoff, Marcela Telles Ferreira

Resumo


O presente estudo tem como objetivo avaliar as principais
barreiras para a prática de atividade entre adolescentes
estudantes das escolas estaduais de São Caetano do Sul.
Para isso, foi aplicado o questionário Internatinal Phisical
Active Questionary (IPAQ) para avaliar o nível de atividade
física. Foram obtidos também dados de peso e altura para
realizar o cálculo do Índice de Massa Corporal (IMC), a
fim de classificar o estado nutricional dos indivíduos, segundo
a recomendação da Organização Mundial da Saúde
(OMS). O questionário também avaliou as principais
barreiras apontadas pelos adolescentes, onde se constatou que a falta de equipamento, de conhecimento em como
se exercitar, de clima adequado, de tempo, de diversão a
partir do exercício e de locais apropriados para a prática
dos exercícios foram os itens mais citados, o que indica a
necessidade de ampliar os programas que promovem a
atividade física sem sistematização de exercícios, para assim
diminuir o sedentarismo e suas conseqüências entre os
adolescentes.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.13037/rbcs.vol2n4.464