UTILIZAÇÃO DE CREATINA-FOSFATO POR PARTE DE INDIVÍDUOS FISICAMENTE ATIVOS NAS ACADEMIAS DA ZONA LESTE DE SÃO PAULO CREATINE PHOSPHATE UTILIZATION AMONG PHYSICALLY ACTIVE PEOPLE IN THE EAST SIDE OF SÃO PAULO CITY

Cristiano Teixeira Mostarda, Marcelo Saldanha Aoki

Resumo


O uso de suplementos nutricionais, como a creatina, vem
crescendo tanto no meio esportivo como também entre
indivíduos fisicamente ativos. Entretanto, aparentemente,
não há uma grande compreensão dos mecanismos pelos
quais a creatina poderia aumentar o desempenho.
Informações cedidas por um grande fabricante de
suplementos nutricionais indicam que, no ano de 1999,
foram consumidos cerca de 2,7 milhões de quilogramas de
creatina em todo o mundo. Devido ao crescente consumo
desta substância, foi nosso objetivo verificar o perfil do
usuário, assim como o nível de informação e a popularidade
da creatina entre praticantes de musculação em academias
da zona Leste. Para isso foi aplicado um questionário através
de entrevista individual. Após o término da pesquisa, 255
indivíduos foram entrevistados no total, sendo que 164
(64,3%) conheciam creatina, porém somente 70 indivíduos
(42,7%) já utilizaram ou utilizam o suplemento. Os usuários,
na sua grande maioria, são jovens (faixa etária média 24,2 anos) de classe média alta. Com relação à prescrição da
suplementação, o principal profissional responsável pela
indicação para o consumo de creatina é o professor de
Educação Física (57,1 %). Curiosamente, o nutricionista
contribuiu somente com 2% das recomendações na zona
Leste. A maioria dos indivíduos acredita que a creatina tem
como principal benefício o aumento da potência muscular
e não traz prejuízo à saúde. Com a análise destes dados,
podemos concluir que a creatina é um suplemento muito
popular nas academias da zona Leste de São Paulo,
principalmente entre jovens de classe média alta. No
entanto, apesar da popularidade, existe uma grande carência
de informações por parte dos usuários, demonstrando a
necessidade de conscientização para utilização racional desse
tipo de suplemento nutricional.

Palavras-chave


suplementação, creatina, academias de ginástica

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.13037/rbcs.vol2n3.482

Indexadores: