ANÁLISE ELETROMIOGRÁFICA DO LEVANTAMENTO DE CARGA DURANTE O MOVIMENTO REPETITIVO COM E SEM O USO DO CINTO PÉLVICO ELETROMIOGRAPHIC ANALYSIS RELATED TO A WEIGHT LIFTING REPEATED MOVIMENT WITH AND WITHOUT PELVIC BELT USE

Augusto César Ferreira Gauglitz, Mauro Gonçalves, Adalgiso Coscrato Cardozo, Bruno Marson Malagodi, Sarah Regina Dias da Silva

Resumo


O objetivo deste estudo foi avaliar eletromiograficamente o músculo eretor da espinha dos lados esquerdo e direito durante uma contração isotônica mecanicamente resistida. Foram analisados desz voluntários do sexo feminino com 15%, 25%, e 50% do máximo de carga individual. Um sistema de polias duplas foi utilizado. O voluntário foi posicionado com tronco ereto e o quadril estendido. O quadril fletiu até 45° no equipamento denominado M.A. Isostation 2000. Eletrodos de superfície (Meditrace) foram colocados de ambos os lado em cima do músculo eretor da espinha de acordo com Kumar (9) e então conectados em um módulo de aquisição de sinais biológicos de quatro canais (Linx *). Por meio de uma análise numérica em cada registro o valor RMS (Raiz Quadrada Média) do sinal foi obtido. O valor do RMS estimado do músculo eretor da espinha dos lados esquerdo e direito não só apresentou um aumento em todas as fases como também a concentração da carga foi aumentada, apesar do uso ou não do cinto pélvico. A fase de levantamento desenvolve um aumento da atividade eletromiográfica no músculo eretor da espinha esquerdo e direito em relação ao abaixamento.

Palavras-chave


eletromiografia, fadiga, levantamento de carga, ergonomia.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.13037/rbcs.vol1n2.695

Indexadores: