Os manuais para se dar bem na profissão de jornalista: prescrições discursivas em um mundo do trabalho em mutação

Rafael Grohmann

Resumo


A partir das mudanças no mundo do trabalho dos jornalistas, o artigo analisa os livros que pretendem mostrar os caminhos para se atingir o sucesso na profissão de jornalista, considerando este material como “prescrição” do trabalho. A análise é realizada a partir dos aportes da Ergologia e do Círculo de Bakhtin para compreender as relações dialógicas destas prescrições com o mundo do trabalho em mutação.


Palavras-chave


jornalista; prescrição; trabalho

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.13037/ci.vol14n26.1707

Indexadores de que a C&I faz parte:

 

 

Latindex

Latindex

 

ISSN 2178-0145