A Transparência Administrativa e Comunicação Pública: análise do caso “funcionários fantasmas” da Assembleia Legislativa do Maranhão

Asmynne Barbara Barbosa dos Santos, José Ferreira Júnior

Resumo


Este artigo analisa a comunicação pública na efetivação do direito à informação, mediante a utilização de ferramentas digitais do portal da transparência, abordando os prejuízos que a ausência desse direito gera para a sociedade. A abordagem teórica tem respaldo, entre outros autores, em Zémor, Matos, Bresser-Pereira. Foi utilizada metodologia qualitativa no estudo de caso sobre a reação da Assembleia Legislativa do Maranhão (ALEMA) diante da questão dos “funcionários-fantasmas”. A análise constatou que o portal da transparência da ALEMA não usa ferramentas de comunicação pública.

Palavras-chave


Direito à Informação; Interesse Público; Comunicação Pública

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.13037/ci.vol18n37.4465

Indexadores de que a C&I faz parte:

 

 

Latindex

Latindex

 

ISSN 2178-0145