A língua inglesa nas escolas de tempo integral: diretrizes e práticas de ensino

Daniela Morales Monteiro

Resumo


Este artigo discute os resultados de uma pesquisa, que assumiu como objeto deestudo o ensino de língua inglesa nas escolas de tempo integral da rede pública deensino do Estado de São Paulo. Os objetivos foram: entender como acontece esseensino e as políticas públicas que o orientam; discutir a possibilidade de inclusãoda língua inglesa nos anos iniciais do ensino fundamental e verificar as condições necessárias para que o ensino da língua estrangeira promova a equidade social.Para alcançar tais objetivos, foi realizada uma revisão de literatura, complementada por entrevista semiestruturada com docentes que atuam nessa área. Os dados da pesquisa revelam que o ensino da língua inglesa desperta grande interesse nos alunos dos anos iniciais. No entanto, foram evidenciados alguns fatores que não contribuem para que o ensino de línguas seja efetivo, por exemplo, a falta de recursos didáticos e a falta de formação para os professores.

Texto completo: PDF


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .