A construção da desinformação – uma análise da formação de professores e sua abordagem quanto às novas tecnologias educacionais

Vanessa Zinderski Guirado

Resumo


O presente artigo faz uma análise acerca de uma questão em contínua construção,ou até desconstrução, como parece acontecer muitas vezes, em virtude dafragmentação dos conteúdos programáticos e da falta de propriedade com que as questões tecnológicas são trabalhadas na escola, que é a formação de professorese o uso de novas tecnologias educacionais. Por mais que os nossos recursos tecnológicos estejam presentes por toda parte, em nosso dia a dia, há uma recusa e uma limitação por parte dos cursos de licenciatura em usar determinados recursos tecnológicos, e, em muitos casos, quando eles são empregados, tal ação édesenvolvida de maneira superficial, contribuindo para uma inversão, favorecendo a tecnologia em si, e não o aprendizado, que pode ser agregado a tal tecnologia, em um visível detrimento do ensino e uma supervalorização da informática comosolução de todos os problemas educacionais.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.13037/rea-e.vol1n1.4256

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Indexadores de que a REAe faz parte: 

BBE: http://pergamum.inep.gov.br/pergamum/biblioteca/

CZ3 : http://ezb.uni-regensburg.de/

DIADORIN: diadorim.ibict.br/

Google Scholar: https://scholar.google.com.br/scholar

IRESIE: iresie.unam.mx/

LATINDEX:http://www.latindex.org/latindex/inicio

LiVre - http://livre.cnen.gov.br/Inicial.asp

SUMARIOS: https://sumarios.org

 

 

      

 

 

A REAe utiliza o software iThenticate para detecção e prevenção de plágio.