Rankings na educação superior Brasileira: Uma aproximação aos rankings públicos e privados

Adolfo Ignacio Calderón, Henrique da Silva Lourenço

Resumo


No presente artigo, realizou-se uma aproximação teórica aos rankings acadêmicos, públicos e privados, resultante de pesquisa bibliográfica, na tentativa de compreender sua complexidade e trajetória na realidade brasileira. Defende-se, que as mudanças derivadas da transformação do Estado Provedor para um modelo de Estado Avaliador, reforçaram as tendências em torno das avaliações, índices e classificações por meio de rankings, constatando-se no Brasil, a incipiência de rankings públicos e privados diante da existência de um mercado no qual acabam ganhando legitimidade.

Texto completo: PDF


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .