Rankings na educação superior Brasileira: Uma aproximação aos rankings públicos e privados

Adolfo Ignacio Calderón, Henrique da Silva Lourenço

Resumo


No presente artigo, realizou-se uma aproximação teórica aos rankings acadêmicos, públicos e privados, resultante de pesquisa bibliográfica, na tentativa de compreender sua complexidade e trajetória na realidade brasileira. Defende-se, que as mudanças derivadas da transformação do Estado Provedor para um modelo de Estado Avaliador, reforçaram as tendências em torno das avaliações, índices e classificações por meio de rankings, constatando-se no Brasil, a incipiência de rankings públicos e privados diante da existência de um mercado no qual acabam ganhando legitimidade.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.13037/rea-e.vol2n3.4624

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Indexadores de que a REAe faz parte: 

BBE: http://pergamum.inep.gov.br/pergamum/biblioteca/

CZ3 : http://ezb.uni-regensburg.de/

DIADORIN: diadorim.ibict.br/

Google Scholar: https://scholar.google.com.br/scholar

IRESIE: iresie.unam.mx/

LATINDEX:http://www.latindex.org/latindex/inicio

LiVre - http://livre.cnen.gov.br/Inicial.asp

SUMARIOS: https://sumarios.org

 

 

      

 

 

A REAe utiliza o software iThenticate para detecção e prevenção de plágio.