ORGANIZAÇÕES DA SOCIEDADE CIVIL NO CIBERESPAÇO: O MODELO DA WIKIPÉDIA LUSÓFONA

Pietro Fornitano Roveri, André Lucirton Costa

Resumo


O objetivo do trabalho é analisar a estruturação e a manutenção da Wikipédia lusófona, em especial os aspectos econômicos e políticos mediados por um arcabouço sócio-técnico, no intuito de identificá-la como um modelo de atuação da sociedade civil no ciberespaço. Benkler (2002) e Lemos (2005) sinalizam para a importância da estrutura tecnológica nos novos processos de colaboração e organização sociais. Nesse sentido, Benkler (2002) observou o surgimento de um novo modelo econômico de produção baseado nas organizações colaborativas. Em suma, são organizações descentralizadas com relações fundamentadas no ciberespaço e que produzem bens não-rivais através do esforço coletivo e voluntário de seus membros, a Wikipédia é um exemplo desse modelo. Todavia, Lévy (1999) propõe que o ciberespaço não é uma infra-estrutura técnica de telecomunicação, mas certa forma de usar as infra-estruturas existentes, assim o indivíduo não pode ser esquecido como problematizador. Para tanto, a metodologia utilizada foi a netnografia, com aplicação de entrevistas, que foram efetuadas de acordo com critérios qualitativos, além da observação participante entre os anos de 2008, 2009 e 2010. Por se tratar de um trabalho qualitativo, se julgou pertinente utilizar os integrantes da lista de maiores contribuidores, com aproximadamente 90 nomes de usuários, como foco de possíveis respondentes da pesquisa, no total foram respondidas 18 entrevistas. As questões foram construídas com o objetivo de identificar as formas de contribuição e as motivações dos contribuintes. Foi detectada a questão dos usuários com mais de um cadastro que podem utilizar esse mecanismo para burlar o sistema político interno. Ainda, foi possível identificar a existência de um tipo wikipédico que se baseia nos sentidos dos fluxos de informação, podendo tipificá-los entre quem lê, quem insere e quem valida. No que concerne à estruturação se observou que há um arcabouço de governo que sustenta as ações do projeto, mantido principalmente pelas diferenciações na liberdade de uso do software. Os wikipedistas se dedicam às atividades de acordo com seu ramo de interesse ou conhecimento técnico da ferramenta wiki e o fazem sem receber qualquer compensação monetária. As atividades dos entrevistados se encaixaram basicamente em três concepções: atividades de gestão como trabalho advindo das liberdades de software, atividades de formatação para enquadrar os artigos nos padrões e atividades de inserção ou pesquisa que seriam as atividades para propor novos artigos ou melhorar os que já existem. Tal fato pode ser corroborado pela teoria da economia de doação proposta por Kollock (1998), uma vez que o autor elencou os fatores (reciprocidade, prestígio, incentivo social e incentivo moral) que seriam tidos como a “moeda” utilizada na Wikipédia. Quanto à manutenção da Wikipédia se verificou que há um norteamento ao consenso em todas as relações e este é norteado pelas políticas gerais do projeto.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.13037/gr.vol26n78.1022

 

Indexadores de que a G&R faz parte:


   DOAJ OAIster OCLC Ulrich LiVre Redalyc  SUMARIOS.org LatindexProquest

A G&R utiliza o                software  iThenticate para detecção e  prevenção de plágio 
 

    
 
 
 
A G&R é signatária da Declaração        de São Francisco sobre Avaliação        de Pesquisa- Dora