AVALIAÇÃO DA SUSTENTABILIDADE AMBIENTAL DE MUNICÍPIOS PARAIBANOS: UMA APLICAÇÃO UTILIZANDO O MÉTODO PROMETHEE II

José Ribamar Marques de Carvalho, Enyedja Kerlly Martins de Araújo Carvalho, Wilson Fadlo Curi

Resumo


Em vista da crescente preocupação com os aspectos que permeiam as questões ambientais relacionadas à sustentabilidade, a análise multicritério como suporte a decisão se constitui como uma importante ferramenta capaz de subsidiar a análise das condições econômicas, sociais, culturais e ambientais da população. Nesse sentido, o presente estudo objetiva avaliar a sustentabilidade ambiental de municípios paraibanos através do Método Promethee II, estruturando o problema com a identificação das alternativas e dos critérios relevantes no intuito de se obter uma ordenação das cidades em relação à sustentabilidade ambiental. Para tanto se fez o uso da pesquisa documental e exploratória e da análise multicriterial. Os resultados apontam que as cidades de Boqueirão, Sumé e Ouro Velho obtiveram os maiores valores quanto ao IMC (Índice Multicritério de Sustentabilidade), enquanto que, São João do Tigre, Camalaú e São Sebastião do Umbuzeiro tiveram as menores cifras quanto ao IMC configurando-se como as cidades menos sustentáveis.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.13037/gr.vol27n80.1199

 

Indexadores de que a G&R faz parte:


   DOAJ OAIster OCLC Ulrich LiVre Redalyc  SUMARIOS.org LatindexProquest

A G&R utiliza o                software  iThenticate para detecção e  prevenção de plágio 
 

    
 
 
 
A G&R é signatária da Declaração        de São Francisco sobre Avaliação        de Pesquisa- Dora