Avaliação das Contribuições do Programa de Fortalecimento da Agricultura Familiar – PRONAF e a Melhoria da Renda Familiar dos Piscicultores de Blumenau, Santa Catarina

Giancarlo Gomes, Deise Weber Kaleski, Paulo Roberto da Cunha, Jorge Ribeiro Toledo Filho

Resumo


A produção de peixes de água doce em viveiros naturais ou artificiais oferece oportunidades para o desenvolvimento de atividades com fins de recreação, alimentação ou mesmo ecológicas. Blumenau - Santa Catarina comporta atualmente 1,2 mil propriedades rurais sendo que 80% delas têm lagoas que produzem entre aproximadamente 8 toneladas de peixes por hectare. O estudo aqui relatado objetivou avaliar a participação e influência do Programa de Fortalecimento da Agricultura Familiar – PRONAF na renda oriunda da piscicultura familiar no município de Blumenau. A pesquisa foi quantitativa quanto à abordagem. Foram enviados questionários a 47 piscicultores inscritos no PRONAF. Os produtores revelam dificuldades relacionadas ao valor do produto e a problemas ocasionados pelo clima. Os resultados do estudo demonstraram que o PRONAF tem alcançado seus objetivos ao proporcionar, na visão dos agricultores que aderiram ao programa, melhoria na qualidade de vida em virtude do aumento da renda familiar.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.13037/gr.vol28n84.1408

 

Indexadores de que a G&R faz parte:


   DOAJ OAIster OCLC Ulrich LiVre Redalyc  SUMARIOS.org LatindexProquest

A G&R utiliza o                software  iThenticate para detecção e  prevenção de plágio 
 

    
 
 
 
A G&R é signatária da Declaração        de São Francisco sobre Avaliação        de Pesquisa- Dora