A GESTÃO ESTRATÉGICA DAS COMPRAS COMO POLÍTICA PARA REDUZIR CUSTOS

Maria Carolina de Azevedo Ferreira de Souza, Miguel Juan Bacic, José Maria Ramos Bernardes

Resumo


Este trabalho tem como objetivo discutir a importância da função “compras” para a redução de custos. Apresenta-se o caso de uma grande empresa, que, ao longo de 14 anos, mudou a forma como era desempenhada a função “compras”, que passou a adquirir características de natureza mais estratégica. A trajetória observada foi de uma função de gerenciamento de pedidos, agindo evento a evento, para o gerenciamento da cadeia de suprimentos, com o aumento da complexidade das atividades no setor, o que levou a um reposicionamento na estrutura hierárquica, principalmente pela potencial capacidade de se obterem reduções de custos nas aquisições, nos transportes, nos estoques e na armazenagem. Instrumento importante na execução dessa política foi o foco no desenvolvimento de relacionamentos na cadeia de fornecimento, em ganhos de longo prazo pela constituição e preservação de uma rede de fornecedores, baseados em negociação e em acordos, ao invés da preocupação com os ganhos em cada operação individual de compra.

 

Palavras-chave: redes de relações entre empresas, relações fornecedor/cliente, gestão estratégica das compras.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.13037/gr.vol25n74.168

Indexadores de que a G&R faz parte:


   DOAJ OAIster OCLC Ulrich LiVre Redalyc  SUMARIOS.org LatindexProquest

A G&R utiliza o software  iThenticate para detecção e prevenção de plágio