O Instrumento Value at Risk – VaR na Avaliação do Risco da Atividade de Auditoria Contábil

Ana Cristina de Faria, André de Souza Guerra

Resumo


Para certificar-se da avaliação dos riscos da atividade de auditoria contábil, de maneira confiável e adequada, os auditores independentes aplicam uma série de procedimentos técnicos que lhes asseguram a obtenção de evidências que propiciem uma avaliação segura, principalmente desde a criação da Lei Sarbanes- Oxley. Dentre os procedimentos atualmente em uso, existem aqueles que possuem, em sua base, cálculos estatísticos que auxiliam o auditor na tomada de decisão precisa, baseada em dados científicos. Em termos metodológicos, este trabalho caracteriza-se como um ensaio teórico e consiste em desenvolver um estudo conceitual sobre a utilização do Value at Risk – VaR, ferramenta estatística bastante utilizada pelo mercado financeiro, na mensuração e na avaliação dos riscos envolvidos, para a atividade de auditoria contábil. Durante o desenvolvimento deste trabalho, constatou-se que, assim como na avaliação do risco no mercado financeiro, o VaR pode auxiliar as empresas de auditoria na mensuração e na avaliação dos riscos envolvidos em sua atividade e, também, em empresas de outros segmentos.

 

Palavras-chave: risco, Value at Risk – VaR, auditoria contábil.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.13037/gr.vol25n75.183

 

Indexadores de que a G&R faz parte:


   DOAJ OAIster OCLC Ulrich LiVre Redalyc  SUMARIOS.org LatindexProquest

A G&R utiliza o                software  iThenticate para detecção e  prevenção de plágio 
 

    
 
 
 
A G&R é signatária da Declaração        de São Francisco sobre Avaliação        de Pesquisa- Dora