O PARADIGMA SUSTENTÁVEL E A FORMULAÇÃO DE ESTRATÉGIAS EMPRESARIAIS PARA A COMPETITIVIDADE

Uiara Gonçalves de Menezes, Valéria da Veiga Dias, Clandia Maffini Gomes

Resumo


O artigo objetiva analisar o entendimento de gestores da empresa estudada a respeito de RSE e de que forma suas práticas influenciam as estratégias, tendo como pano de fundo o ambiente complexo. A revisão da literatura destacou os conceitos do cartesianismo, da Teoria Geral dos Sistemas e Teoria da Complexidade, analisando a forma como estes impactam as organizações. Essa discussão abordou a importância da estratégia para o posicionamento da organização, considerando tanto o ambiente complexo e inconstante quanto a inclusão de práticas socioambientais para a formação dos valores da sociedade. Os resultados do estudo, de caráter qualitativo e descritivo, foram obtidos a partir da realização de entrevistas semi-estruturadas, com os principais gestores da organização, e análise de dados secundários. A análise das inter-relações correntes evidenciou a falta de existência de uma percepção clara dos conceitos sobre RSE, resultando na falta de alinhamento das práticas socioambientais com as estratégias corporativas.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.13037/gr.vol26n78.252

 

Indexadores de que a G&R faz parte:


   DOAJ OAIster OCLC Ulrich LiVre Redalyc  SUMARIOS.org LatindexProquest

A G&R utiliza o                software  iThenticate para detecção e  prevenção de plágio 
 

    
 
 
 
A G&R é signatária da Declaração        de São Francisco sobre Avaliação        de Pesquisa- Dora