A dinâmica da cooperação: proposição de um modelo de ciclo de vida de redes de pequenas empresas

Douglas Wegner, Heron Sérgio Moreira Begnis, Rejane Maria Alievi, Alisson Eduardo Maehler

Resumo


A dinâmica das redes interorganizacionais (RIOs) permanece pouco estudada na teoria organizacional e com limitadas contribuições à prática gerencial. Este estudo tem o objetivo de revisar a teoria sobre o ciclo de vida de RIOs e propor um modelo ajustado às características das redes de pequenas empresas. A partir da revisão teórica e entrevistas com especialistas, foi gerado um modelo preliminar e foram identificadas sete dimensões de análise. Como resultado, o artigo apresenta um modelo de ciclo de vida de RIOs composto por seis fases e suas respectivas descrições: Concepção, Nascimento & Formalização, Desenvolvimento, Consolidação & Maturidade, Declínio e Dissolução. A existência de períodos de transformação ou reestruturação é apontada como necessária para que as redes se mantenham atrativas ao longo do tempo ou consigam reverter uma tendência de declínio.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.13037/gr.vol32n94.2805

 

Indexadores de que a G&R faz parte:


   DOAJ OAIster OCLC Ulrich LiVre Redalyc  SUMARIOS.org LatindexProquest

A G&R utiliza o                software  iThenticate para detecção e  prevenção de plágio 
 

    
 
 
 
A G&R é signatária da Declaração        de São Francisco sobre Avaliação        de Pesquisa- Dora