Conviver e perceber a deficiência: relação e influência nas concepções de uma amostra de discentes de administração

Joelma Soares da silva, Francisco Roberto Pinto

Resumo


O objetivo deste trabalho é identificar a influência do convívio com pessoas com deficiência nas concepções de deficiência de uma amostra de discentes de Administração. Para consecução desse propósito, foi realizada uma revisão teórica seguida de uma pesquisa de campo com 336 discentes regularmente matriculados em dois cursos de Administração de duas universidades públicas, localizadas na cidade Fortaleza, estado do Ceará. O instrumento de pesquisa foi composto pelo Inventário de Concepções de Deficiência (ICD) e por questões sociodemográficas. Após a estatística descritiva, que serviu para contextualizar a amostra participante, foram feitos os testes de adequabilidade da amostra e do instrumento. O tratamento inferencial se deu por meio de Análise Fatorial e Análise de Regressão Linear Simples. Os resultados alcançados não permitem rejeitar as hipóteses suscitadas e evidenciaram que o convívio com pessoas com deficiência (PCD) influencia positivamente concepções de deficiência da amostra de discentes.



Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.13037/gr.vol32n96.3473

 

Indexadores de que a G&R faz parte:


   DOAJ OAIster OCLC Ulrich LiVre Redalyc  SUMARIOS.org LatindexProquest

A G&R utiliza o                software  iThenticate para detecção e  prevenção de plágio 
 

    
 
 
 
A G&R é signatária da Declaração        de São Francisco sobre Avaliação        de Pesquisa- Dora