APLICAÇÃO DO TESTE DE RAIZ UNITÁRIA PARA ANÁLISE DA RENTABILIDADE DOS FUNDOS DE RENDA FIXA BRASILEIROS

Débora Rosa Rodrigues, Rodrigo Fernandes Malaquias, Juliana Rodrigues Oliveira

Resumo


Os fundos de renda fixa apresentam a maior proporção de investimentos realizados no Brasil, porém são menos estudados que os fundos de ações. A proposta do estudo consiste na avaliação da rentabilidade dos fundos de renda fixa por meio da aplicação do teste de raiz unitária, visando identificar se existem padrões de comportamento em tais fundos, que tornam os dados não estacionários. Por meio de estatística descritiva e análise com regressões, foi possível observar determinados padrões de comportamento, quais sejam: rentabilidade menor na segunda-feira e maior na terça-feira; relação negativa entre rentabilidade e taxa SELIC e rentabilidade menor dos fundos de renda fixa indexados. Os dois testes de raiz unitária realizados demonstraram que a série era estacionária; porém ao controlar os padrões de comportamento, obteve-se uma melhoria da estatística do teste.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.13037/gr.vol35n103.4402

 

Indexadores de que a G&R faz parte:


   DOAJ OAIster OCLC Ulrich LiVre Redalyc  SUMARIOS.org LatindexProquest

A G&R utiliza o                software  iThenticate para detecção e  prevenção de plágio 
 

    
 
 
 
A G&R é signatária da Declaração        de São Francisco sobre Avaliação        de Pesquisa- Dora