ISSUES IN LAND USE EVALUATION – AN ECONOMIC PERSPECTIVE ON AGRI-ENVIRONMENTAL POLICY

Peter Nijkamp, Katrin Oltmer

Resumo


O uso do solo é um fenômeno complexo, que
ocupa um lugar proeminente na literatura
econômica. Mais recentemente, o uso do solo
alcançou uma posição central na discussão sobre
sustentabilidade. A agricultura é uma das principais
atividades econômicas responsáveis pelo uso
extensivo do solo, e conseqüentemente o
relacionamento triangular entre uso do solo,
agricultura e desenvolvimento sustentável é
freqüentemente abordado nas discussões sobre
política ambiental moderna.
Este artigo oferece uma visão geral das questões
econômicas envolvidas com a degradação da
qualidade do ambiente e perda de biodiversidade
decorrentes da transformação do uso do solo,
diante dos desafios de uma política agro-ambiental
sustentável. Procura-se destacar neste trabalho os
elementos críticos na avaliação das mudanças no
uso do solo com uma perspectiva econômica, com
ênfase particular no papel exercido por
autoridades públicas na criação de uma framework
de escolhas públicas voltadas para o uso do solo
e de recursos naturais.
Palavras-chave: uso do solo, sustentabilidade,
política agro-ambiental.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.13037/gr.vol21n61.45

 

Indexadores de que a G&R faz parte:


   DOAJ OAIster OCLC Ulrich LiVre Redalyc  SUMARIOS.org LatindexProquest

A G&R utiliza o                software  iThenticate para detecção e  prevenção de plágio 
 

    
 
 
 
A G&R é signatária da Declaração        de São Francisco sobre Avaliação        de Pesquisa- Dora