A RELAÇÃO ENTRE A IMPLEMENTAÇÃO DO PROGRAMA OPERADOR ECONÔMICO AUTORIZADO E O ÍNDICE DE PERFORMANCE LOGÍSTICA DOS PAÍSES

Taís Marin, Guilherme Bergmann Borges Vieira, Fábio Verruck, Rafael Mozart da Silva

Resumo


O programa Operador Econômico Autorizado prevê a facilitação na liberação aduaneira de mercadorias a empresas com procedimentos comprovadamente seguros. Por envolver a aduana, impacta também na performance logística dos países, mensurada pelo Banco Mundial através do Logistics Performance Index (LPI). O LPI avalia a performance logística dos países em seis dimensões – uma delas a aduana. O estudo analisou a relação entre a adoção do programa OEA e o LPI (geral e aduana). Através de análises de regressão linear comprovou-se que há relação estatisticamente significante entre as variáveis, que a adoção ao programa OEA ou similar impacta na evolução do seu LPI e que o tempo de implementação ajuda a explicar parte dessa relação.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.13037/gr.vol35n104.4541

 

Indexadores de que a G&R faz parte:


   DOAJ OAIster OCLC Ulrich LiVre Redalyc  SUMARIOS.org LatindexProquest

A G&R utiliza o                software  iThenticate para detecção e  prevenção de plágio 
 

    
 
 
 
A G&R é signatária da Declaração        de São Francisco sobre Avaliação        de Pesquisa- Dora