Avaliação da Qualidade de Vida e Saúde de Caminhoneiros de Gurupí - TO

Autores

  • Michelle Sousa da Silva Centro Universitário UnirG - TO
  • Luís Otávio Teles Assumpção Universidade Católica de Brasília - DF
  • Ricardo Lira de Rezende Neves Universidade Federal de Goiás

DOI:

https://doi.org/10.13037/rbcs.vol11n35.1796

Palavras-chave:

Caminhoneiro, Qualidade de Vida, Saúde

Resumo

Este estudo tem como objetivo central avaliar a qualidade de vida relacionada à saúde de motoristas caminhoneiros. A pesquisa caracterizou-se por ser exploratória de natureza quanti-qualitativa de corte transversal. O público-alvo foi composto por trinta caminhoneiros da categoria “carga seca e baú”, escolhidos por conveniência. O instrumento da pesquisa utilizado foi o Medical Ouctomes Study 36 (SF 36). Os resultados demonstram que os caminhoneiros apresentam boa qualidade de vida, mas há comprometimento nas dimensões: dor, vitalidade e saúde mental.  Apresentam boa capacidade funcional, não apresentam limitações significativas nos aspectos físicos e na saúde em geral.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Michelle Sousa da Silva, Centro Universitário UnirG - TO

Professora de Educação Física formada pelo Centro Universitário UnirG-TO

Luís Otávio Teles Assumpção, Universidade Católica de Brasília - DF

Professor no Programa de Pós-graduação em Educação Física da Universidade Católica de Brasília-DF

Ricardo Lira de Rezende Neves, Universidade Federal de Goiás

Professor da Faculdade de Educação Física da Universidade Federal de Goiás na área de Aspéctos sócio culturais e pedagógicos da educação física e saúde

Downloads

Publicado

14-05-2013

Edição

Seção

ARTIGOS ORIGINAIS