Avaliação da qualidade de vida de hipertensos usuários de uma unidade básica de saúde

Autores

  • Ana Paula Kruger Centro Universitário Univates
  • Michelle Mergener Centro Universitário Univates
  • Adriane Pozzobon Centro Universitário Univates
  • Thaís Rodrigues Moreira Centro Universitário Univates

DOI:

https://doi.org/10.13037/ras.vol13n46.2974

Palavras-chave:

Hipertensão arterial, qualidade de vida, índice massa corporal.

Resumo

Introdução: A hipertensão arterial sistêmica é uma das patologias mais prevalentes no mundo, atingindocerca de 30% da população adulta mundial. Dentre os fatores que elevam a pressão arterial destacam-se aobesidade, estresse e alimentação inadequada. Objetivos: O objetivo deste estudo foi avaliar a qualidadede vida e verificar sua correlação com a avaliação antropométrica de pacientes hipertensos. Materiais eMétodos: Avaliaram-se 51 pacientes, por meio da aferição do peso corpóreo, altura, índice de massa corporal,circunferência da cintura, prega cutânea triciptal, circunferência muscular do braço, aferição da pressãoarterial e aplicação do questionário para avaliação da qualidade de vida WHOQOL-bref. Resultados: Pormeio da avaliação do índice de massa corporal, 53% (n=27) apresentaram excesso de peso, 45% (n=23)eutrofia e 2% (n=1) magreza. Para a circunferência muscular do braço, 82% (n=42) eram eutróficos, sobrecircunferência da cintura, 96% (n=49) estavam com risco de desenvolvimento de doenças cardiovascularese 90% (n=46) dos pacientes estavam com a pressão arterial elevada. Na avaliação do WHOQOL-bref,observou-se que quanto maiores as idades dos indivíduos, piores foram as percepções com relação aosdomínios referentes ao meio ambiente e à qualidade de vida total. O escore geral de qualidade de vida dogrupo não idoso foi significativamente superior ao do grupo idoso. Conclusões: A maioria dos indivíduosda amostra apresentaram risco de desenvolvimento de doenças cardiovasculares e excesso de peso. Podeseconstatar que os indivíduos avaliados não idosos têm uma percepção melhor da qualidade de vida,apresentando um escore maior no questionário WHOQOL-bref quando comparados aos indivíduos idosos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ana Paula Kruger, Centro Universitário Univates

Nutricionista pelo Centro Universitário Univates

Michelle Mergener, Centro Universitário Univates

Docente do Centro Universitário Univates

Adriane Pozzobon, Centro Universitário Univates

Docente do Centro Universitário Univates

Thaís Rodrigues Moreira, Centro Universitário Univates

Mestre em Ciencias Médicas pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Downloads

Publicado

06-10-2015

Edição

Seção

ARTIGOS ORIGINAIS