A APTIDÃO FÍSICA DE ACORDO COM O NÚMERO DE PASSOS EM MULHERES ADULTAS E IDOSAS

UM ESTUDO TRANSVERSAL

Autores

DOI:

https://doi.org/10.13037/2359-4330.8547

Palavras-chave:

desempenho físico funcional, atividade física, envelhecimento

Resumo

Introdução: A análise do número de passos tem sido associada com diversas variáveis relacionadas à saúde de idosos, na aptidão física, composição corporal, capacidade funcional e sua redução está relacionada com diversas doenças crônicas não transmissíveis. A redução do número de passos/dia está associada com desfechos negativos na composição corporal, desenvolvimento de doenças e risco de morte por câncer. Objetivo: Determinar o perfil de aptidão física e capacidade funcional de acordo com o nível de atividade física avaliados de mulheres adultas praticantes de atividades físicas. Métodos: Participaram deste estudo 159 mulheres praticantes regulares de atividade física com idade entre 50 a 86 anos (69,55±7,9 anos) participantes do Projeto Longitudinal de Envelhecimento e Aptidão Física de São Caetano do Sul. O nível de atividade física foi mensurado pelo número de passos, por pedômetro (Digiwalker C 700/SW 200), por sete dias consecutivos. A avaliação da aptidão física foi realizada pela força de membros superiores e inferiores e agilidade. A capacidade funcional foi mensurada pela mobilidade e equilíbrio. A análise estatística utilizada foi ANOVA One-Way, seguido de Post Hoc Bonferroni e nos dados não paramétricos utilizou-se os testes de Kruskal-Wallis e Mann-Whitney. O número de passos foi dividido em tercil (tercil 1 < 5.618 passos/dia; tercil 2 5.619-9.054 passos/dia e tercil 3 > 9.055 passos/dia). O nível de significância adotado foi de p<0,05. Resultados: Foi encontrado que o tercil 3 resultou em diferenças estatisticamente significantes nas variáveis antropométricas: peso, IMC, circunferência de cintura e circunferência de quadril, variáveis neuromotoras: força de membros inferiores e agilidade e na capacidade funcional em mobilidade geral e locomoção. Conclusão: mulheres que se encontram com o padrão de passos diários superior a 9050 obtiveram melhor perfil de aptidão física e capacidade funcional.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

João Pedro da Silva Júnior, Centro de Estudos do Laboratório de Aptidão Física de São Caetano do Sul (CELAFISCS)

Mestre em Ciências da Saúde pela Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo (FCMSCSP), São Paulo, São Paulo, Brasil

Graduação em Educação Física pela Universidade Camilo Castelo Branco (UNICASTELO), São Paulo, São Paulo, Brasil

Instituição de vínculo: Centro de Estudos do Laboratório de Aptidão Física de São Caetano do Sul (CELAFISCS), São Caetano do Sul, São Paulo, Brasil.

https://orcid.org/0000-0002-0001-6884

Luís Fabiano de Jesus Guimarães, Centro de Estudos do Laboratório de Aptidão Física de São Caetano do Sul (CELAFISCS

Especialização em Pesquisador em Ciências do Esporte pelo Centro de Estudos do Laboratório de Aptidão Física de São Caetano do Sul (CELAFISCS), São Caetano do Sul, São Paulo, Brasil.

Graduação em Educação Física pela Universidade Bandeirante de São Paulo (UNIBAN), São Paulo, São Paulo, Brasil.

Instituição de vínculo: Centro de Estudos do Laboratório de Aptidão Física de São Caetano do Sul (CELAFISCS), São Caetano do Sul, São Paulo, Brasil.

https://orcid.org/0000-0001-7878-697X

Raiany Rosa Bergamo, Centro de Estudos do Laboratório de Aptidão Física de São Caetano do Sul (CELAFISCS)

Mestre em Ciências na área da Saúde da Criança e do Adolescente pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp)

Graduação em Nutrição pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-CAMPINAS), Campinas, São Paulo, Brasil

Instituição de vínculo: Centro de Estudos do Laboratório de Aptidão Física de São Caetano do Sul (CELAFISCS), São Caetano do Sul, São Paulo, Brasil.

https://orcid.org/0000-0003-1446-0115

Timóteo Leandro Araújo, Centro de Estudos do Laboratório de Aptidão Física de São Caetano do Sul (CELAFISCS)

Especialização em Futebol pela Faculdade de Educação Física de Santo André (FEFISA), Santo André, São Paulo, Brasil

Graduação em Educação Física pela Faculdade de Educação Física de Santo André (FEFISA), Santo André, São Paulo, Brasil

Instituição de vínculo: Centro de Estudos do Laboratório de Aptidão Física de São Caetano do Sul (CELAFISCS), São Caetano do Sul, São Paulo, Brasil.

https://orcid.org/0000-0002-6114-3916

 

Victor Keihan Rodrigues Matsudo, Centro de Estudos do Laboratório de Aptidão Física de São Caetano do Sul (CELAFISCS)

Doutor em Ortopedia e Traumatologia pela Santa Casa de São Paulo, São Paulo, São Paulo, Brasil

Graduação em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo (FCMSCSP), São Paulo, São Paulo, Brasil

Instituição de vínculo: Centro de Estudos do Laboratório de Aptidão Física de São Caetano do Sul (CELAFISCS), São Caetano do Sul, São Paulo, Brasil.

https://orcid.org/0000-0003-3552-486X

Sandra Marcela Mahecha Matsudo, Faculdade de Medicina, Universidade Mayor

Doutora em Reabilitação pela Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, São Paulo, Brasil.

Graduação em Medicina pela Escola Colombiana de Medicina (ECM), Bogotá, Colômbia.

Instituição de vínculo: Faculdade de Medicina, Universidade Mayor, Santiago, Chile.

https://orcid.org/0000-0002-3705-9458

Referências

Pinto L, Tribess S, Santos A, Ribeiro M da C, Meneguci J, et al. Promoção da atividade física em idosas com síndrome metabólica: modelo de intervenção com pedômetros. Rev. Bras. Ativ. Fís. Saúde 2017; 21(6):600-1.

Mota Júnior RJ, Oliveira RAR, Lima LM, Franceschini SCC, Marins JCB. Daily steps and their association with cardiometabolic risk factors in teachers. Journal of Physical Education 2021, 32(1): e-3276.

To QG, Duncan MJ, Van Itallie A, Vandelanotte C. Impact of COVID-19 on Physical Activity Among 10,000 Steps Members and Engagement With the Program in Australia: Prospective Study. J Med Internet Res. 2021; 25;23(1):e23946.

Kolk D, Aarden JJ, MacNeil-Vroomen JL, Reichardt LA, van Seben R, et al. Hospital-ADL Study Group. Factors Associated with Step Numbers in Acutely Hospitalized Older Adults: The Hospital-Activities of Daily Living Study. J Am Med Dir Assoc. 2021; 22(2):425-432.

Peters GA, Wong ML, Sanchez LD. Pedometer-measured physical activity among emergency physicians during shifts. Am J Emerg Med. 2020; 38(1):118-121.

Tudor-Locke C, Craig CL, Aoyagi Y, Bell RC, Croteau KA, et al. How many steps/day are enough? For older adults and special populations. Int J Behav Nutr Phys Act. 2011; 28(8):80.

Macicame I, Katzmarzyk PT, Lauchande C, Uate J, Cavele N, et al. Physical Activity Measured by Pedometer in a Peri-Urban Mozambican Population. J Phys Act Health. 2022;19(11):777-785.

Heyward V, Stolarczyk LM. Anthropometric method. Applied body composition assessment. ed. Champaign: Human Kineticks; 1996: 76-85.

Matsudo SMM. Avaliação do Idoso – Física & Funcional. 3 ed. Santo André: Gráfica Mali, 2010.

Cruciani F, Araújo TL, Matsudo SMM, Matsudo VKR, Júnior AF, Raso V. Gasto energético estimado de mulheres idosas em aulas de ginástica e durante a caminhada. Atividade Física e Saúde 2002; 7(3): 30-38.

Alves MAS, Beuno FR, Haraguchi LIH, Corrêa FR, Dourado VZ. Correlação entre a média do número de passos diário e o teste de caminhada de seis minutos em adultos e idosos assintomáticos. Fisioter. Pesqui. 2013; 20(2): 123-129.

Harris T, Kerry SM, Limb ES, Iliffe S, Furness C, et al. Physical activity levels in adults and older adults 3–4 years after pedometer-based walking interventions: Long-term follow-up of participants from two randomised controlled trials in UK primary care. PLoS Med. 2018;15(3):e1002526.

Jefferis BJ, Parsons TJ, Sartini C, Ash S, Lennon LT, et al. Objectively measured physical activity, sedentary behaviour and all-cause mortality in older men: does volume of activity matter more than pattern of accumulation? Br J Sports Med. 2018; 53:1013-1020.

Tudor-Locke C, Schuna Jr JM, Swift DL, Dragg AT, Davis AB, et al. Evaluation of Step-Counting Interventions Differing on Intensity Messages. J Phys Act Health 2018; 17(1): 21-28.

Amagasa S, Fukushima N, Kikuchi N, Oka K, Chastian S, et al. Older Adults’ Daily Step Counts and Time in Sedentary Behavior and Different Intensities of Physical Activity. J Epidemiol 2021; 31(5): 350-355.

Tudor-Locke C, Mora-Gonzalez J, Ducharme SW, Aguiar EJ, Schuna Jr JM, et al. Walking cadence (steps/min) and intensity in 61–85-year-old adults: the CADENCE-Adults study. Int J Behav Nutr Phys Act 2021; 18:129.

Arenas-Arroyo SN, Cavero-Redondo I, Alvarez-Bueno C, Sequí-Dominguez I, Reina-Gutiérrez S e Martínez-Vizcaíno V. Effect of eHealth to increase physical activity in healthy adults over 55 years: A systematic review and meta-analysis. Scand J Med Sci Sports 2020; 31(4): 776-789.

Daskalopoulou C, Stubbs B, Kralj C, Koukounari A, Prince M, et al. Physical activity and healthy ageing: A systematic review and meta-analysis of longitudinal cohort studies. Ageing Res Rev. 2017; 38: 6-17.

Ballin M, Nordström P, Niklasson J, Alamäki A, Condell J, et al. Daily step count and incident diabetes in community-dwelling 70-year-olds: a prospective cohort study. BMC Public Health 2020; 20: 1830.

Leite MAFJ, Tribess S, Meneguci J, Sasaki JE, Santos AS, et al. Número de passos despendido por dia como discriminante da percepção negativa do sono em mulheres idosas. R. bras. Ci. e Mov 2018; 26(1):57-64.

del Pozo Cruz B, Ahmadi MN, Lee I, Stamatakis E. Prospective Associations of Daily Step Counts and Intensity With Cancer and Cardiovascular Disease Incidence and Mortality and All-Cause Mortality. JAMA Intern Med. 2022; 182(11):1139–1148.

del Pozo Cruz B, Ahmadi M, Naismith SL, Stamatakis E. Association of Daily Step Count and Intensity With Incident Dementia in 78 430 Adults Living in the UK. JAMA Neurol. 2022; 79(10):1059–1063.

Leonardo S, Matsudo SMM, Lopes G. Do diagnóstico à ação: Programa comunitário de atividade física na atenção básica: a experiência do município de São Caetano do Sul, Brasil. Revista Brasileira de Atividade Física & Saúde 2011; 16(1): 84-88.

Publicado

2023-10-23

Edição

Seção

ARTIGOS ORIGINAIS

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.