A produção de sentidos sobre morte no telejornalismo

Autores

  • Michele Negrini Universidade Federal de Pelotas -UFPel

DOI:

https://doi.org/10.13037/ci.vol12n23.1356

Palavras-chave:

Morte, Produção de Sentidos, Telejornalismo

Resumo

O objetivo deste trabalho é observar a construção do discurso sobre morte e sobre os mortos no Jornal Nacional e no Jornal da Band. O corpus é composto por seis edições do JN e seis edições do JB, as quais foram ao ar no período de 20 a 25 de outubro de 2008. São enfocados neste estudo todos os casos de morte apresentados nos telejornais que compõem o corpus. Tomamos como suporte metodológico a Análise do Discurso de Linha Francesa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Michele Negrini, Universidade Federal de Pelotas -UFPel

Graduada   em   Sistemas   de   Informação,   pelo  Centro Universitário  Franciscano  – Unifra,  e   em    Comunicação Social –  Jornalismo, pela  Universidade  Federal  de  Santa Maria – UFSM; mestre em Comunicação e Informação, pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRS; doutora em Comunicação,  pela  Pontifícia  Universidade  católica do Rio  Grande  do  Sul  –  PUC/RGS;   professora  adjunta  da
Universidade Federal de Pelotas – UFPel.

Downloads

Publicado

02-03-2012