Sistemas de representação que podem promover empowerment em comportamentos de saúde

Autores

  • Sônia Regina Schena Bertol

DOI:

https://doi.org/10.13037/ci.vol14n26.1674

Palavras-chave:

semiótica, comportamento, inovações

Resumo

Este estudo investiga as tendências na comunicação primária e na comunicação secundária do câncer de mama. Nós usamos um esquema interpretativo fornecido pela Teoria do Aprendizado Social e pela Semiótica, considerando que a Comunicação empreendeu um esforço para legitimar um espaço de encontro com a Saúde, afirmando uma área de aplicação de teorias, princípios e técnicas comunicacionais, com o objetivo preciso de difundir e compartilhar informação, conhecimentos e práticas que contribuam para melhorar os sistemas de saúde e o bem-estar das populações.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Sônia Regina Schena Bertol

Doutora em Comunicação pela Universidade Metodista de São Paulo, com orientação do professor Dr. Isaac Epstein. Doutorado sanduíche na Universidade Johns Hopkins, com orientação do professor Dr. Rajiv Rimal. Atualmente é professora titular II da Universidade de Passo Fundo. Vice-coordenadora do Grupo de Pesquisa em Mídia Regional, coordenadora do projeto de pesquisa "Gravidez na adolescência na mídia impressa."

Downloads

Publicado

13-07-2013