Comunicação de interesse público e ciberativismo: as ações de sustentabilidade da comunidade virtual Mapa do lixo – Belém (PA) – Amazônia

Autores

  • Neusa Pressler Professora Titular I do Programa de Pós-Graduação em Comunicação, Linguagens e Cultura e do Curso de Comunicação Social ambos da Universidade da Amazônia (UNAMA/Ser Educacional). Pesquisadora Líder do Projeto Agências Digitais na Amazônia Real, certificado pelo CNPq. Doutora em Ciência Socioambiental pelo Núcleo de Altos Estudos Amazônicos (NAEA) da Universidade Federal do Pará.
  • Vanda do Socorro Furtado Amin Doutoranda no Programa de Pós-Graduação em Comunicação, Linguagens e Cultura da Universidade da Amazônia (UNAMA/Ser Educacional). Membro do Projeto Agências Digitais na Amazônia Real, certificado pelo CNPq. Mestre em Comunicação, Linguagens e Cultura pela Universidade da Amazônia (UNAMA/Ser Educacional). Professora da Educação Básica do I Comando de Aeronáutica em Belém, na Escola Tenente Rêgo Barros.

DOI:

https://doi.org/10.13037/ci.vol18n37.4508

Palavras-chave:

Comunicação, Ciberativismo, Sustentabilidade, Amazônia

Resumo

Este artigo descreve aspectos da Comunicação de Interesse Público e de ciberativismo nas ações de sustentabilidade da comunidade virtual “O Mapa do Lixo – Belém”, Amazônia. O estudo foi realizado em 2016, com as metodologias de pesquisa exploratória e bibliográfica. O corpus é formado por depoimentos da Fanpage e por entrevista realizada com a administradora da página. A investigação mostrou ações de ciberativismo que mobilizam o cidadão belenense sobre a questão do lixo. Os resultados parciais indicam que o ciberativismo funciona como uma estratégia de mobilização social de sustentabilidade ambiental e de cidadania.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

08-08-2017