Economia de valores éticos e sociais na produção digital para a TV pública no Reino Unido

Autores

  • Andrea Medrado Universidade Federal Fluminense
  • James Bennett Royal Holloway University of London
  • Niki Strange Royal Holloway University of London

DOI:

https://doi.org/10.13037/ci.vol18n38.4689

Palavras-chave:

Economia de valores éticos e sociais. TV pública. Produção multiplataforma.

Resumo

Este artigo analisa o conceito de “economia de valores éticos e sociais” aplicado às produtoras independentes que fornecem conteúdo multiplataforma para as TVs públicas do Reino Unido. O texto é fundamentado em um projeto de pesquisa em que foram realizadas mais de cem entrevistas com atores da ecologia de produção. Argumentamos que, nas produtoras independentes digitais, a noção de “independência” é utilizada para tentar reconciliar a busca pelo lucro mas, ao mesmo tempo, há a busca pela realização de projetos em que seja possível fazer alguma diferença na sociedade.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Andrea Medrado, Universidade Federal Fluminense

Professora adjunta da Universidade Federal Fluminense no Programa de Pós-Graduação em Mídia e Cotidiano e no Departamento de Comunicação Social. É coordenadora da rede internacional de pesquisas “eVozes: rediscutindo a marginalização” (eVoices: redressing marginality – Arts and Humanities Research Council, Reino Unido). Possui doutorado em Estudos de Mídia pela University of Westminster e pós-doutorado pela Royal Holloway University of London.

James Bennett, Royal Holloway University of London

Professor e ex-chefe do Departamento de Artes Midiáticas da Royal Holloway University of London. Coordenador do projeto “Mídias Sociais como Tecnologias de Produção Televisiva” (Social Media as Television Production Technology ADAPT TV History). Foi coordenador do projeto “Radiodifusão Pública Multiplataforma no Reino Unido” (Multiplatforming Public Service Broadcasting in the UK).

Niki Strange, Royal Holloway University of London

Pesquisadora do Departamento de Media Arts da Royal Holloway University of London. Pesquisadora de pós-doutorado no projeto “Mídias Sociais como Tecnologias de ProduçãoTelevisiva” (Social Media as Television Production Technology – ADAPT TV History). Trabalhou em produtoras de TV e produtoras digitais por 20 anos e atua como consultora paraprojetos de inovação digital aplicados à economia criativa.

Downloads

Publicado

08-12-2017