Youtubers da saúde: a informação de saúde sem mediação jornalística

Autores

  • Ligia Trigo Universidade de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.13037/ci.vol19n39.5031

Palavras-chave:

Jornalismo em saúde. YouTube. Visibilidade. Mídias digitais.

Resumo

Análise dos canais mantidos por profissionais de saúde no YouTube Brasil sob a ótica do conceito de nova visibilidade de Thompson, enfocando a ocupação de espaços midiáticos por esses profissionais e sua comunicação direta com o público, em contraponto ao pouco uso que veículos e profissionais de comunicação especializados em saúde fazem da plataforma. Pesquisa exploratória realizada entre 1º de maio e 1º de agosto de 2017 nos canais de saúde do YouTube Brasil, identificando as principais características dos produtos veiculados e suas estratégias de comunicação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ligia Trigo, Universidade de São Paulo

Jornalista, mestre e doutora em Ciências da Comunicação pelo Programa de Pós-Graduação em Ciências da Comunicação da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo. Pós-doutoramento pelo Departamento de Jornalismo e Editoração da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo.

Downloads

Publicado

20-04-2018