Merchandising social: a caixa de Pandora da telenovela brasileira.

Andrea Sant’Anna Clemente

Resumo


A proposta deste artigo1 foi estudar o merchandising social existente nas telenovelas brasileiras, analisando-o como uma estratégia de comunicação social. Para tanto, foi necessário estudar o “discurso” da telenovela e os possíveis efeitos que ela gera no comportamento do telespectador. O próximo passo foi debater até que ponto essa inserção social publicitária é tratada como um “consumo do bem”, já que são inseridas em cenas que se tornam, na maioria das vezes, educativas; ou “um bem de consumo”, pois a empresa ganha, e muito, na questão de revitalização da imagem, branding, e na vantagem competitiva de maior valor hoje no mercado: a responsabilidade social corporativa.

Palavras-chave


comunicação de massa, televisão, Telenovela; Publicidade; Merchandising Social

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.13037/ci.vol11n20.950

Indexadores de que a C&I faz parte:

 

 

Latindex

Latindex

 

ISSN 2178-0145