MÚSICA E DISCIPLINA NA ESCOLA BRASILEIRA: ALGUNS APONTAMENTOS.

Eliane Hilario da Silva Martinoff, Alexandre José de Abreu, Mônica Augusto

Resumo


O presente artigo traz algumas ponderações sobre a prática e o ensino musical no Brasil. Buscou-se refletir sobre alguns períodos da trajetória do ensino de música na escola brasileira a partir da chegada dos jesuítas até os dias atuais, com o intuito de compreender a situação atual, após o advento da lei 11.769, que estabelece a música como conteúdo obrigatório, mas não exclusivo no ensino de Arte. A fundamentação teórica está alicerçada em Foucault (2008) e a metodologia utilizada foi a pesquisa bibliográfica e documental. Concluiu-se que, mesmo não havendo no Brasil uma tradição de ensino interdisciplinar, especialmente na área de música, é preciso aprender com o passado e buscar práticas que considerem a cultura nacional, em suas diversas especificidades, bem como o conhecimento acumulado através dos tempos, visando a possibilidade de criação de novos conhecimentos na área.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.13037/rea-e.vol1n2.4304

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Indexadores de que a REAe faz parte: 

BBE: http://pergamum.inep.gov.br/pergamum/biblioteca/

CZ3 : http://ezb.uni-regensburg.de/

DIADORIN: diadorim.ibict.br/

Google Scholar: https://scholar.google.com.br/scholar

IRESIE: iresie.unam.mx/

LATINDEX:http://www.latindex.org/latindex/inicio

LiVre - http://livre.cnen.gov.br/Inicial.asp

SUMARIOS: https://sumarios.org

 

 

      

 

 

A REAe utiliza o software iThenticate para detecção e prevenção de plágio.