INOVAÇÕES PEDAGÓGICAS NO ENSINO SUPERIOR: A PROBLEMATIZAÇÃO E O PORTFÓLIO NA FORMAÇÃO DE PEDAGOGOS

Autores

  • Marina Lemos Villardi Centro Universitário Sudoeste Paulista UNI-FSP
  • Eliana Goldfarb Cyrino Faculdade de Medicina de Botucatu UNESP

DOI:

https://doi.org/10.13037/rea-e.vol3n6.5412

Resumo

A fim de qualificar as propostas de ensino/aprendizagem, as Instituições de Ensino Superior na formação de pedagogos devem pautar-se em práticas inovadoras em educação. Assim, uma Instituição privada de Ensino Superior do interior paulista, busca desenvolver, em uma de suas disciplinas oferecidas ao curso de Pedagogia práticas de ensino problematizadoras e o uso do portfólio reflexivo. O estudo tem como objetivo relatar as contribuições da Metodologia da Problematização e do portfólio reflexivo na formação do pedagogo, bem como os desafios que os cercam. Trata-se de um estudo exploratório e descritivo sobre o desempenho dos alunos com a Metodologia da Problematização e com o uso do portifólio. É possível afirmar o cumprimento efetivo das etapas da Metodologia da Problematização neste estudo. Ressalta-se como contribuições: aproximação entre teoria e prática, o desenvolvimento da capacidade comunicacional e o trabalho em equipe. Como fragilidades destacam-se a sistematização das informações no portfólio.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marina Lemos Villardi, Centro Universitário Sudoeste Paulista UNI-FSP

Coordenadora do curso de Pedagogia da UNI-FSP. Faz pos doutorado pela UNESP-Botucatu.

Eliana Goldfarb Cyrino, Faculdade de Medicina de Botucatu UNESP

Docente do Departamento de Saúde Coletiva da FMB-Unesp. Atua nas areas de formação no ensino superior, tecnologias aplicadas à saúde e saúde do escolar.

Downloads

Publicado

15-01-2019

Edição

Seção

ARTIGOS FLUXO CONTÍNUO