UMA ANÁLISE CRÍTICA DO CAMPO DE EXPERIÊNCIA O EU, O OUTRO E O NÓS PROPOSTO PELA BNCC (2017): A AUSÊNCIA DA AFETIVIDADE COMO UMA PRÁTICA DE CUIDADO PARA A EDUCAÇÃO INFANTIL

Autores

DOI:

https://doi.org/10.13037/rea-e.vol5n9.6345

Resumo

O presente estudo teve como objetivo realizar uma análise crítica do campo de experiência “o eu, o outro e o nós”, proposto pela BNCC (2017) para a educação infantil, buscando enfatizar se o ato da afetividade se faz presente nos objetivos propostos deste campo de experiência, levando em consideração a afetividade como uma prática de cuidado para a educação infantil, uma vez que os aspectos de cuidado e educação devem compor as propostas e currículos que permeiam os espaços infantis. Para tanto, o estudo foi realizado a partir de uma pesquisa bibliográfica e documental, de cunho qualitativo. Tendo como resultado, que apesar de toda a relevância e estudos teóricos que enfatizam e discutem a importância da afetividade para o desenvolvimento integral das crianças, a BNCC não menciona a afetividade nos objetivos propostos do campo de experiência analisado, assim, sua estimulação e desenvolvimento dependerá de acepções dos professores.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Keity Elen da Silva Melo, UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS

Especialista em Psicopedagogia Institucional e Clínica pelo Instituto Superior de Educação de Pesqueira - ISEP. Graduada em Pedagogia pela Universidade de Pernambuco -UPE/Campus Garanhuns. E-mail: keityemelo@gmail.com

Vanessa Maria Costa Bezerra Silva, UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS

Mestra em Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Educação-PPGE da Universidade Federal de Alagoas-UFAL. Integrante do Grupo de Pesquisa Estado, Políticas Sociais e Educação Brasileira (GEPE/CNPq). Membro do Observatório de Políticas Públicas em Educação, Direitos Humanos e Segurança Pública (OPPEDHSP/CNPq). E-mail: vanessacosta.ufal@gmail.com

Líllian Franciele Silva Ferreira, UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS

Mestra em Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGE) da Universidade Federa de Alagoas (UFAL). Membro do Grupo de Pesquisa Comunidades Virtuais (CV - UFAL). Professor efetiva da Educação Infantil no município de Maceió, Alagoas. E-mail: lillian.ferreira1@gmail.com

Ana Carolina Beltrão Peixoto, UNIVERSIDADE ESTADUAL DE ALAGOAS

Doutora em Serviço Social pela Universidade Federal de Pernambuco/UFPE (2011). Líder do grupo GIPPE- Grupo Interdisciplinar de Pesquisas e Práticas Empreendedoras, no diretório do CNPQ. E Professora titular da Universidade Estadual de Alagoas (UNEAL). E-mail: anacarolina.beltrao@uneal.edu.br

Downloads

Publicado

13-07-2020

Edição

Seção

DOSSIÊ EDUCAÇÃO INFANTIL