AUTOAVALIAÇÃO INSTITUCIONAL EM CRECHES CONVENIADAS/PARCERIA: UMA PROPOSTA PARA A AÇÃO GESTORA

Autores

DOI:

https://doi.org/10.13037/rea-e.vol5n9.6812

Resumo

O objetivo deste estudo foi organizar e desenvolver uma proposta de Autoavaliação Institucional para Creche Conveniada/Parceira (AICC) que atendesse demandas de um trabalho educativo desenvolvido por Instituição Não Governamental (ING) responsável pelo atendimento de um Centro de Educação Infantil que, desde 2014, atende 175 crianças na faixa etária de 4 meses a 3 anos e 11 meses. A proposta de autoavaliação buscou fornecer feedback aos educadores, apontando reformulações de ordem técnica, de conteúdo e organizacionais e subsidiar a equipe gestora com informações que possibilitem o acompanhamento do desenvolvimento do Projeto Político Pedagógico (PPP). Subsidiado pelas ideias apresentadas no Instrumento de Avaliação Institucional Externa e pelos Indicadores de Qualidade da Educação Infantil Paulistana concluiu-se que os indicadores propostos se mostraram suficientes para um sistema de autoavaliação para Creches Conveniadas, envolvendo coerência, funcionalidade e propriedade, que conectam aspectos do PPP e a realidade institucional, alcance de metas e consideração aos envolvidos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Renata Cottet, Unicid - Universidade Cidade de São Paulo

Possui Graduação em Pedagogia e Pós-graduação em Psicopedagogia pelas Faculdades Oswaldo Cruz (2006/2012. Atualmente é PROFESSORA ACADEMICA do Centro Universitário SantAnna na área de Licenciaturas. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Ensino-Aprendizagem. Desenvolve um trabalho junto a gestão administrativa e pedagógica na Instituição APANA com atendimento em creches conveniadas do Município de São Paulo. Mestranda pelo Programa de Mestrado Profissional: Formação de Gestores Educacionais da Universidade da Cidade de São Paulo (UNICID).

Sandra Lúcia Ferreira, Unicid - Universidade Cidade de São Paulo

Possui Mestrado (Currículo) e Doutorado em Educação (Psicologia da Educação) pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Atualmente é docente/pesquisadora dos Programas de Mestrado Acadêmico em Educação e o Mestrado Profissional Formação de Gestores Educacionais, ambos, da Universidade Cidade de São Paulo e nesse último atua na Coordenação. É também professora convidada para exercer docência na UNESP, Instituto de Artes, nos cursos de Arte Terapia expressivas e Fundamentos da Cultura e das Artes lato sensu. É Pesquisadora associada o Centro Internacional de Estudos em Representações Sociais e Subjetividade ? Educação e ao Núcleo de Pesquisa Internacional em Representações Sociais- NEARS, PUC-SP. É líder do Grupo de Pesquisa Estudos de Valores: as imagens que as políticas públicas revelam em relação aos Direitos Humanos e aos Processos de Humanização cadastrado no Diretório de Grupos de Pesquisa do CNPq. Encontra-se desenvolvendo um Pos-doc idealizado numa parceria entre a PUCSP e a University of Tunis El Manar, na Tunisia. Tem experiência na área da Educação, com ênfase em estudos de imagem e avaliação educacional, atuando principalmente junto aos seguintes temas: Imagens, representações sociais e avaliação educacional..

Fernanda Evelin Camarço de Souza, Unicid - Universidade Cidade de São Paulo

Possui graduação em Psicologia pelo Centro Universitário das Faculdades Metropolitanas Unidas (1998) e mestrado em Educação pela Universidade Cidade de São Paulo (2017). Atualmente é professora na Graduação de Psicologia na Unicid e atuou como instrutora na EWM Aviation Ground School e consultora em Gestão de Pessoas, Expatriado e Aviação pela Global Culture. Tem experiência na área de Psicologia, com ênfase em Treinamento e Avaliação, atuando principalmente nos seguintes temas: mestrado profissional, segurança operacional, políticas públicas no ensino superior, educação permanente e crm.

Downloads

Publicado

13-07-2020

Edição

Seção

DOSSIÊ EDUCAÇÃO INFANTIL