Comportamento do Consumidor Dekassegui Brasileiro em Supermercados no Japão

Autores

  • Túlio Tetsuji Yassunaka UEM - Universidade Estadual de Maringá
  • Adriana Vinholi Rampazo UEL - Universidade Estadual de Londrina
  • Maria Iolanda Sachuk UEM - Universidade Estadual de Maringá

DOI:

https://doi.org/10.13037/gr.vol26n76.170

Resumo

Muitos brasileiros, denominados dekassegui, imigraram para o Japão com a finalidade de trabalhar. Com o passar dos anos, foi impossível ignorar a presença deles e das suas necessidades de consumo, principalmente em relação aos produtos primários a que estavam acostumados no Brasil. Essa oportunidade de negócio foi percebida tanto por brasileiros quanto por japoneses, surgindo, então, em algumas cidades onde há uma grande concentração de brasileiros, supermercados especializados em produtos típicos do Brasil. Com o objetivo de identificar as características mais apreciadas por brasileiros, referentes ao atendimento em supermercados nas cidades de Hamamatsu, Oizumi e Toyohashi, no Japão, foi realizada uma pesquisa quantitativa e exploratória com corte transversal. Os resultados demonstraram que a maioria dos dekassegui brasileiros que fez parte desta investigação prefere frequentar os supermercados de proprietários japoneses, em detrimento dos supermercados de proprietários brasileiros. Palavras-chave: comportamento do consumidor, dekassegui, satisfação do cliente.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Túlio Tetsuji Yassunaka, UEM - Universidade Estadual de Maringá

Graduado em Administração pela UEM - Universidade Estadual de Maringá

Adriana Vinholi Rampazo, UEL - Universidade Estadual de Londrina

Aluna do Curso de Mestrado em Administração - PPA-UEM/UEL

Maria Iolanda Sachuk, UEM - Universidade Estadual de Maringá

Professora do Departamento de Administração da UEM - Universidade Estadual de Maringá - Doutora em Administração FGV/EAESP

Downloads

Publicado

30-04-2010