Propensão ao consumo ambientalmente responsável: um estudo com adolescentes

Autores

  • Suzane Strehlau Doutora em Administração pela Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getúlio Vargas (FGV). Professora pesquisadora da Universidade Ceuma, São Luís, Maranhão
  • Braulio Oliveira Doutor em Administração pela Faculdade de Economia e Administração da Universidade de São Paulo (USP). Professor pesquisador da Universidade Ceuma, São Luís, Maranhão. Brasil
  • Régis Thomaz Ximenes Mestre em Administração pela Faculdade de Engenharia Industrial (FEI). Professor da Faculdade Drummond, São Paulo (SP), Brasil

DOI:

https://doi.org/10.13037/gr.vol32n95.2051

Resumo

Jovens nascidos no fim da década de 1990 vêm recebendo muita informação sobre meio ambiente, tida como fundamentalna formação de uma nova mentalidade para o consumo. Mas como estes jovens se comportam em relação ao meio ambiente?O objetivo deste artigo foi verificar a propensão de jovens ao consumo ambientalmente responsável. Para tanto,foi utilizada uma escala já testada e reconhecida como adequada para tal finalidade, além de variáveis de perfil apontadascomo influenciadoras desse comportamento pela literatura. A pesquisa foi realizada com 138 estudantes de uma escolapública de ensino médio da cidade de Jaguariúna (SP). Os resultados apontam que a única variável de perfil com poderdiscriminatório da propensão mensurada foi a “gênero”. Além disso, verificou-se que das 40 assertivas contidas na escalautilizada, quatro foram determinantes para se aferir a propensão ao consumo ambientalmente responsável, sendo duasrelacionadas ao comportamento pessoal e duas relacionadas a esforços financeiros. Uma das contribuições mais importantesdeste trabalho foi a proposição de um modelo que pode ser replicado no futuro para o acompanhamento do efeito daeducação ambiental de jovens nas escolas e das mudanças nas atitudes desses futuros consumidores.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Suzane Strehlau, Doutora em Administração pela Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getúlio Vargas (FGV). Professora pesquisadora da Universidade Ceuma, São Luís, Maranhão

Doutora em Administração pela EAESP/FGV;

Professora Pesquisadora do PPGA-Uninove

Braulio Oliveira, Doutor em Administração pela Faculdade de Economia e Administração da Universidade de São Paulo (USP). Professor pesquisador da Universidade Ceuma, São Luís, Maranhão. Brasil

Doutor em Administração pela FEA/USP;

Professor do PPGA/FEI.

Régis Thomaz Ximenes, Mestre em Administração pela Faculdade de Engenharia Industrial (FEI). Professor da Faculdade Drummond, São Paulo (SP), Brasil

Mestre em Administração pela FEI;

Professor da Faculdade Drummond.

Downloads

Publicado

03-06-2016