EFICIÊNCIA DOS GASTOS PÚBLICOS DA REDE DE ENSINO MUNICIPAL CEARENSE

Autores

  • Marilia de Souza Castro Universidade Federal do Rio Grande do Norte
  • Eliane Pinheiro de Sousa Universidade Regional do Cariri

DOI:

https://doi.org/10.13037/gr.vol34n100.2596

Resumo

Este estudo busca aferir os escores de eficiência técnica e de escala dos gastos públicos da rede de ensino municipal cearense. Para cumprir o objetivo proposto, utilizou-se o método não paramétrico de Análise Envoltória dos Dados, tomando como base de dados as Finanças do Brasil, divulgadas pela Secretaria do Tesouro Nacional, e o Anuário Estatístico do Ceará, divulgado pelo Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará para o ano de 2011. Os resultados sinalizam que os municípios cearenses podem diminuir, em média, os gastos em 53% e 46%, nos modelos com retornos constantes e variáveis, respectivamente, sem reduzir a produção educacional dos municípios. Em termos regionais, os dados indicam que os melhores resultados foram verificados pela mesorregião metropolitana de Fortaleza. Ademais, todas as mesorregiões apresentaram predominância de escolas públicas estaduais operando com retornos decrescentes de escala.

Palavras-chave: Eficiência técnica e de escala; educação; análise envoltória de dados; Ceará.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marilia de Souza Castro, Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Mestre em Economia Regional na Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal (RN), Brasil

Eliane Pinheiro de Sousa, Universidade Regional do Cariri

Pós-Doutorado em Economia Aplicada pela Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz” da Universidade de São Paulo, doutora em Economia Aplicada pela Universidade Federal de Viçosa e professora adjunta do Departamento de Economia da Universidade Regional do Cariri, Crato (CE), Brasil

Downloads

Publicado

01-03-2018