INTERVENÇÕES URBANAS A PARTIR DE INVESTIMENTOS DO PROGRAMA DE ACELERAÇÃO DO CRESCIMENTO (PAC): A RETERRITORIALIZAÇÃO DOS MORADORES DO ENTORNO DA OBRA CONTORNO NORTE DE MARINGÁ-PR

Adriano Aparecido de Oliveira, Priscilla Borgonhoni Chagas, William Antonio Borges, Julia Silva Gonçalves

Resumo


O presente artigo tem por objetivo compreender como ocorreu a reterritorialização, pelos moradores, de dois bairros fronteiriços a uma obra de grande magnitude - o Contorno Norte em Maringá (PR), realizada com recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). Para tanto, o artigo apresenta conceitos relativos à produção do espaço urbano e território e caracteriza-se como qualitativo e descritivo. Foram realizadas entrevistas semiestruturadas com quatorze moradores e um representante do poder público municipal, além de pesquisa documental e bibliográfica. Esses dados foram analisados por meio da análise de conteúdo. Ao tratar da reterritorialização, foi possível concluir que os moradores sentem muita diferença no que diz respeito ao território em que viviam antes da construção da obra. Atualmente, eles relatam que se sentem excluídos do restante da população citadina e reconhecem diversos problemas socioespaciais, vistos por eles como um reflexo direto da construção da referida obra.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.13037/gr.vol35n103.4410

 

Indexadores de que a G&R faz parte:


   DOAJ OAIster OCLC Ulrich LiVre Redalyc  SUMARIOS.org LatindexProquest

 

A G&R utiliza o                software  iThenticate para detecção e  prevenção de plágio 
 

    
 
 
 
A G&R é signatária da Declaração        de São Francisco sobre Avaliação        de Pesquisa- Dora