GESTÃO SUSTENTÁVEL – MOTIVADORES, BARREIRAS E PERCEPÇÃO DE MICRO E PEQUENOS EMPRESÁRIOS

Rafael Toniolo da Rocha, Rodrigo Faria Introvini, Adriana Cristina Ferreira Caldana, Elizabeth Krauter, Lara Bartocci Liboni

Resumo


A demanda por uma administração mais sustentável das organizações é crescente. No entanto, poucos estudos direcionam a tomada de decisão sobre gestão sustentável em empresas de pequeno porte. Este estudo se propôs identificar principais motivadores e barreiras para adoção da gestão sustentável segundo percepção de micro e pequenos empresários. A coleta de dados foi realizada por meio de questionário que foi respondido por 72 empresas dos estados de São Paulo, Paraná e Mato Grosso. Para a análise dos dados foram utilizadas as técnicas de análise fatorial e análise de conglomerados.  Por meio deste estudo foi possível estabelecer um conjunto de oito fatores que influenciam na gestão sustentável de empresas de pequeno porte e traçar três perfis de empresas no quesito gestão sustentável. Verificou-se que a maioria das empresas se enquadraram numa abordagem preventiva em relação a gestão sustentável. Estudos em profundidade são recomendados para explicar os resultados.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.13037/g&r.v35i106.5121


 

Indexadores de que a G&R faz parte:


   DOAJ OAIster OCLC Ulrich LiVre Redalyc  SUMARIOS.org LatindexProquest

A G&R utiliza o                software  iThenticate para detecção e  prevenção de plágio 
 

    
 
 
 
A G&R é signatária da Declaração        de São Francisco sobre Avaliação        de Pesquisa- Dora